terça-feira, 22 de março de 2011

MERCADO IMOBILIÁRIO AQUECIDO FAZ CRESCER O NÚMERO DE RECLAMAÇÕES

Número de reclamações do setor aumentou 156% em 2010
em relação ao ano anterior

O aquecimento do mercado imobiliário fez também crescer as reclamações no setor da construção civil. A reclamação mais comum é de atraso na entrega, mas problemas no acabamento das obras também têm prejudicado muitos consumidores.

O advogado Henrique Gabi explica que o proprietário tem direito a uma indenização pela demora, inclusive pleitear o valor do aluguel para cada mês de atraso.

De acordo com órgãos de defesa do consumidor, as reclamações têm aumentado por causa do aquecimento do mercado imobiliário. Mais construtoras são atraídas, novos imóveis são construídos e o número de queixas não para de crescer

Em Campinas, o número de reclamações aumentou 156% em 2010 em relação ao ano anterior. Em Araraquara, na região central de São Paulo, as reclamações aumentaram 78%.// e em Franca, na região de Ribeirão Preto, o aumento foi de 33%.

Apesar das irregularidades cometidas pelas construtoras, o advogado orienta que o melhor é tentar resolver com uma conciliação. Primeiro, procurar a construtora, mas se não adiantar, registrar queixa no Procon e, paralelamente, entrar com ação na Justiça.

O diretor regional do Sinduscon - Sindicato das Indústrias da Construção Civil, Luiz Cláudio Amoroso, disse que desconhece o aumento do número de reclamações. Ele alega que as construtoras temem atrasar as obras porque há multas previstas para a entrega fora do prazo.

Fonte: Notícias EPTV.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário